Seguidores

sábado, 21 de agosto de 2010

“Andarei Mil Léguas Pelo Mundo...”


“Andarei mil léguas pelo vasto mundo
Com a tua imagem no meu coração”
E a trarei ao peito, amor- sem distração
Sem te esquecer por nenhum segundo.

Durante o frio inverno ou o alegre verão
Vindo estio intenso e um calor profundo
Como raízes que brotam em solo fecundo
Brotará no meu pensamento a tua feição.

Quando cerro os olhos e estou dormindo
O teu rosto em sonho, admirado, eu vejo
Com gestos suaves e um olhar tão lindo!

Estando inconsciente eu ainda te desejo!
De te ver tão perto, tão gentil sorrindo...
Dou-te homenagem e um tímido cortejo.

José Anchieta

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Link-me