Seguidores

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

O Amante de Todas Elas...

A flor que eu mais admirava
Que trouxe um perfume mágico
E que eu me recordo nostálgico
Com quem toda a noite sonhava

Era a esbelta morena do rio
Que passava com ar de pirraça
Cheia de lascívia e de graça
Com odores de fêmea no cio.

Ia lavar as roupas da família toda.
Ia sôfrega e languida pelo caminho...
Seguida por uma cadela gorda.

Usava perenemente uma flor
Nos cabelos negros e esvoaçantes!
E eu sonhando ter o seu amor...

José Anchieta

Um comentário:

  1. ola querido, lindo demais , me sentir na pele dessa morena... bju euma otima sexta.....

    ResponderExcluir

Link-me