Seguidores

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Rimar ou não Rimar, eis a Questão!

Poesia é espremer todo o vocabulário
Subtraindo-lhe a palavra correta
Para que possa então, o poeta
Colocar o oceano dentro do aquário

Que se denomina pelo vulgo: coração
O seu nome de batismo é espírito!
Todo ser tem um brilho lírico!
Um lume terno! Uma ânsia de ilusão...

Um desejo efêmero! Uma vontade louca
De amar desprendido da futilidade
Das coisas úteis. O verso bóia á boca

Feito vitória-régia amazônica, esplêndida!
Amar é brincadeira que não tem idade!
No recreio infindável da nossa vida.

José Anchieta

3 comentários:

  1. Olá !!!

    Achei belíssima a maneira como descreveu com beleza e exatidão o que é a Poesia !
    Adorei !!
    tentei escolher uma parte que tenha me agradado mais, mais o conjunto é que fez a perfeição.

    Grande abraço !

    ResponderExcluir
  2. obrigado por seguir meu blog *--*
    vc ta de parabéns, muito bom seu blog
    estou seguindo tbm

    ResponderExcluir
  3. Grande é a Poesia, que une corações!

    Lindos versos, num belo soneto

    ResponderExcluir

Link-me