Seguidores

domingo, 31 de outubro de 2010

Eu Te Amo!

As frases que nunca disse...
O verbo não conjugado...
O poema não declamado...
Soaria como esquisitice

Se eu tocasse um violão
Às duas da madrugada?
Sob a lua (tu enamorada)
Dar-me-ia o teu coração?

O que não disse outrora
Por medo e timidez incurável
Digo nestes versos, agora!

Escute enquanto declamo
E sinta o terno e imensurável
Sopro: Querida, eu te amo!

José Anchieta

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Link-me