Seguidores

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Soneto de Convivência


Dizem as más línguas (não creio)
Que o casamento é uma loteria.
Que o amor com o tempo esfria
E a relação acaba-se antes do meio.


Diz um ditado popular
Que tudo no começo são flores.
Vive-se é certo, alguns dissabores.
- Mas quem não quer casar?!

Amor, ao teu lado eu descobri
A alegria de uma vida a dois.
E que é mentira o que dizem por ai...

- Obrigado por amar-me tanto!
Mesmo um amor "feijão com arroz"
Tem o seu esplendor! Tem o seu encanto!

José Anchieta

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Link-me