Seguidores

domingo, 22 de agosto de 2010

Rondel


Os teus olhinhos mimosos
São flores que bóiam em teu rosto.
São dois artistas talentosos
Que os vejo e os assisto com gosto.

Os teus olhinhos brilhosos
Como dois astros no céu posto.
São como os cabelos sedosos
Que deslizam por entre o teu rosto.

Os teus olhinhos curiosos
Espreitam o meu desejo exposto.
Os dois lírios perfumosos
Adubados por teu riso disposto
E por teus olhinhos briosos.

José Anchieta

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Link-me