Seguidores

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Lorena


Bela como a flor orvalhada!
Meiga, frágil e pequena.
Tão lindo o teu riso, Lorena...
Tão linda a tua face corada!

Tão pequeninos os teus pés!
Pisando as flores do campo.
Brincas como um pirilampo
Sem conhecer - da vida - o revés.

Como um colibri adejas
Por entre as flores do prado.
E tudo o que vês, desejas...

...O réptil que viste na trilha
E que fugiu assustado.
- Mas ele morde, minha filha!

José Anchieta

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Link-me